Cidades em Montenegro

O que fazer em Montenegro. Como já disse, apesar de pequeno, Montenegro é um país com diversos atrativos. Aqui, escolhi algumas cidades e opções para você organizar seu roteiro de o que fazer em Montenegro, confira. Conheça Kotor. Por algum tempo a cidade de Kotor costumava ser vista apenas como uma opção de bate-volta de Dubrovnik na ... Em divisão territorial datada de 1999 o município é constituído do distrito sede. Em divisão territorial datada de 2001 o município é constituído de 6 distritos: Montenegro, Costa Serra, Fortaleza, Pesqueiro, Santos Reis e Vendinha. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014. Montenegro : Localização Montenegro : País Brasil, Estado Rio Grande do Sul. Informação disponível : Morada postal, Telefone, Sítio Web, Endereço electrónico, Presidente da Câmara, Coordenadas geográficas, Número de habitantes, Superfície, Altitude, Tempo e Hotel. Cidades e vilas vizinhas : Pareci Novo, Capela de Santana e São Sebastião do Caí. A população de Montenegro totalizaram 54,057 habitantes, representando 0.03% do total da população da Rio Grande do Sul. Esta página permite-lhe calcular uma rota a partir Montenegro para outro destino. Veja também as distâncias e rotas entre Montenegro e outras cidades e obter o comprimento do parcour eo custo estimado de combustível . Budva. Budva é mais uma cidade murada na costa de Montenegro. A cidade de Budva tem 2.500 anos, o que a torna uma das cidades mais antigas da costa do Adriático. Hoje em dia, a Riviera de Budva considera-se o centro do turismo em Montenegro. A cidade é famosa por sua arquitetura medieval, praias, hotéis elegantes e vida noturna.. Perto de Budva fica a cidade de Sveti Stefan. Para quem está em busca de um destino diferente na Europa, uma boa opção é Montenegro, país ainda pouco conhecido entre os brasileiros. Localizado nos Bálcãs, compartilha muitas semelhanças com a vizinha Croácia, mas com a vantagem de receber bem menos visitantes, sendo um destino tranquilo até mesmo durante o verão europeu. Fotos de Montenegro: Uma viagem ao país em 40 imagens. Fotos de Viagem a Montenegro: Kotor é uma das cidades medievais de Montenegro. Veja outras imagens que mostram as belezas naturais e urbanas do país; pictures of Montenegro. #viagem #Montenegro #Europa #fotografia #castelos #Europe. Como chegar. O maior aeroporto de Montenegro está em Podgorica, a capital do país, mas ele é ainda muito mal conectado com o resto do mundo, fazendo com que muitos visitantes cheguem por Belgrado, na Servia, ou Dubrovnik, na Croácia.. De Belgrado, são 10 horas de trem até Podgorica ou 9 horas de ônibus. Dados gerais de Montenegro que é um país do leste da Europa com capital em Podgorica. Veja dados geográficos e econômicos deste país. ... Cidades Principais: Podgórica, Niksic, Cetinje, Bijelo Polje, Plav, Tivat, Bar e Berane. Chama a atenção as obras de construção das futuras instalações do Supermercado Asun no centro de Montenegro. As obras ocorrem na antiga área da metalúrgica Hädrich (Panela da Vovó), na quadra das ruas Capitão Cruz e Capitão Porfírio. Conforme o sócio da empresa investidora Ravena ...

Assistir AO VIVO Santos x Olimpia Futebol Online na TV Conmebol TV – Libertadores Futemax

2020.09.16 04:41 futebolstats Assistir AO VIVO Santos x Olimpia Futebol Online na TV Conmebol TV – Libertadores Futemax

Veja como assistir o confronto entre Santos x Olimpia AO VIVO pela TV ou na Internet. O jogo está sendo realizado nesta terça-feira (15). A disputa é válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores de 2020. A partida iniciou às 21h30 (horário de Brasília) e o duelo entre as duas equipes está sendo realizado no Estádio Vila Belmiro, localizado na cidade de Santos, no estado de São Paulo.
Clique AQUI e ganhe 30 dias de DAZN Grátis

Internet

Assistir Santos x Olimpia Ao Vivo na TV:

A partida será transmitida pela Conmebol TV (Claro/NET e Sky)* em parceria com o canal BandSports. A narração será de Oliveira Andrade, enquanto os comentários serão de Fábio Piperno.
*A transmissão terá sinal aberto durante essa semana, após isso será cobrado um valor em mensal em PPV.

Assistir Ao Vivo na Internet:

A partida não terá transmissão na Internet.
Acompanhe todos os jogos e canais ao vivo aqui (teste grátis)

Provável Escalação:

Santos:João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes; Marinho, Soteldo e Lucas Braga (Raniel).
Técnico: Cuca
Olimpia:Alfredo Aguilar; Otálvaro, Alcaraz, Rolón e De La Cruz; Ortiz, Camacho, Rojas e Derlis González; Montenegro e Santa Cruz.
Técnico: Daniel Garnero
Veja mais!! –Acompanhe todos os jogos AO VIVO

Ficha Técnica:

Torcedômetro Qual é a maior torcida do Brasil?

Santos x Olimpia – Histórico de Confrontos**

Esse será o primeiro confronto entre as equipes.
**Números do site oGol (contabiliza somente jogos oficiais, não inclui partidas amistosas)
Aqui no Futebol Stats você acompanha tudo sobre os campeonatos nacionais e os internacionais. Portanto, acesse nossa página para saber onde assistir os jogos de Futebol Ao Vivo, e saiba onde assistir todos os jogos de hoje. Assim também, não deixe de acessar a nossa página do Torcedômetro veja o ranking e vote em qual time tem a maior torcida do Brasil.
O post Assistir AO VIVO Santos x Olimpia Futebol Online na TV Conmebol TV – Libertadores Futemax apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/2FqrXQx
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.09.16 03:41 futebolstats Acompanhe Santos x Olimpia Futebol Ao Vivo Online tempo real Conmebol TV – Libertadores

Acompanhe agora o jogo de hoje que envolve os times deSantos x Olimpiapela narração online com placar ao vivo em tempo real. O confronto é válido pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores de 2020. A partida está programada para começar às 21h30 (horário de Brasília) e o duelo entre as duas equipes vai acontecer no Estádio Vila Belmiro, localizado na cidade de Santos, no estado de São Paulo.
Clique AQUI e ganhe 30 dias de DAZN Grátis

Acompanhe Santos x Olimpia:

Acompanhe todos os jogos e canais ao vivo aqui (teste grátis)

Provável Escalação:

Santos:João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes; Marinho, Soteldo e Lucas Braga (Raniel).
Técnico: Cuca
Olimpia:Alfredo Aguilar; Otálvaro, Alcaraz, Rolón e De La Cruz; Ortiz, Camacho, Rojas e Derlis González; Montenegro e Santa Cruz.
Técnico: Daniel Garnero
Veja mais!! –Acompanhe todos os jogos AO VIVO

Ficha Técnica:

Torcedômetro Qual é a maior torcida do Brasil?

Santos x Olimpia – Histórico de Confrontos**

Esse será o primeiro confronto entre as equipes.
**Números do site oGol (contabiliza somente jogos oficiais, não inclui partidas amistosas)
Aqui no Futebol Stats você acompanha tudo sobre os campeonatos nacionais e os internacionais. Portanto, acesse nossa página para saber onde assistir os jogos de Futebol Ao Vivo, e saiba onde assistir todos os jogos de hoje. Assim também, não deixe de acessar a nossa página do Torcedômetro veja o ranking e vote em qual time tem a maior torcida do Brasil.
O post Acompanhe Santos x Olimpia Futebol Ao Vivo Online tempo real Conmebol TV – Libertadores apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/3c0M03y
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.09.15 23:41 futebolstats Como assistir Santos x Olimpia Futebol AO VIVO – Copa Libertadores 2020

O jogo envolvendo Santos x Olimpia será realizado nesta terça-feira (15). A disputa é válida pela 3ª rodada da fase de grupos da Copa Libertadores de 2020. A partida está programada para começar às 21h30 (horário de Brasília) e o duelo entre as duas equipes vai acontecer no Estádio Vila Belmiro, localizado na cidade de Santos, no estado de São Paulo.
Clique AQUI e ganhe 30 dias de DAZN Grátis

Assistir Santos x Olimpia Ao Vivo na TV:

A partida será transmitida pela Conmebol TV (Claro/NET e Sky)* em parceria com o canal BandSports. A narração será de Oliveira Andrade, enquanto os comentários serão de Fábio Piperno.
*A transmissão terá sinal aberto durante essa semana, após isso será cobrado um valor em mensal em PPV.

Assistir Ao Vivo na Internet:

A partida não terá transmissão na Internet.
Acompanhe todos os jogos e canais ao vivo aqui (teste grátis)

Provável Escalação:

Santos:João Paulo; Madson, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Diego Pituca, Carlos Sánchez e Arthur Gomes; Marinho, Soteldo e Lucas Braga (Raniel).
Técnico: Cuca
Olimpia:Alfredo Aguilar; Otálvaro, Alcaraz, Rolón e De La Cruz; Ortiz, Camacho, Rojas e Derlis González; Montenegro e Santa Cruz.
Técnico: Daniel Garnero
Veja mais!! –Acompanhe todos os jogos AO VIVO

Ficha Técnica:

Torcedômetro Qual é a maior torcida do Brasil?

Santos x Olimpia – Histórico de Confrontos**

Esse será o primeiro confronto entre as equipes.
**Números do site oGol (contabiliza somente jogos oficiais, não inclui partidas amistosas)
Aqui no Futebol Stats você acompanha tudo sobre os campeonatos nacionais e os internacionais. Portanto, acesse nossa página para saber onde assistir os jogos de Futebol Ao Vivo, e saiba onde assistir todos os jogos de hoje. Assim também, não deixe de acessar a nossa página do Torcedômetro veja o ranking e vote em qual time tem a maior torcida do Brasil.
O post Como assistir Santos x Olimpia Futebol AO VIVO – Copa Libertadores 2020 apareceu primeiro em Futebol Stats.
from Futebol Stats https://bit.ly/2FnW0Iz
via IFTTT
submitted by futebolstats to SiteFutebolStats [link] [comments]


2020.09.04 18:54 Whisdeer Minha resenha do Capítulo 1 de Tesouro da Rainha Dragão.

Houve um tempo que eu estive cogitando escrever um blog ou algo assim. Meus amigos me convenceram que postar esporadicamente no Reddit era a melhor opção mesmo.
Basicamente eu mestro RPG por um ano, mas umas quatro pessoas que jogaram comigo já me disseram que eu sou uma ótima mestre, e eu sempre tive vontade de escrever alguma coisa assim. Talvez a minha opinião valha a pena compartilhar? Eu não sou uma expert, só me disseram que eu tenho jeito pra coisa haha.
Enfim, aqui vai a review do primeiro capítulo de Hoard of the Dragon Queen, a primeira aventura de D&D5e. E o que você tem de arrumar pra deixar ele jogável. Infelizmente só o primeiro capítulo mesmo, porque todo mundo desistiu do jogo no meio dele e eu não acho justo escrever sobre uma aventura que nunca mestrei.
Eu comecei com o meu grupo no nível 3 ao invés do nível 1. Tanto porque nenhum deles era novato ao sistema, tanto pelo combate contra Cyanwrath.
Basicamente, o capítulo começa a seguinte situação: Seus personagens veêm a cidade de Ninho Verde (uma tradução medonha para Greenest, pessoalmente eu escolheria Verdejante) sob o ataque de um dragão e podem escolher interferir ou não.
Soa heróico?
Bem... Começando com o fato de que entrar em uma cidade sitiada por um dragão no nível um é um ato obviamente suicida, o seguinte é o que acontece se você escolher não entrar e esperar pela manhã:
Assume-se que quando os personagens virem pela primeira vez a luta em Ninho Verde, eles correrão para defendê-la. Se não, e eles tiverem viajando com outros, então os PdMs com quem estão viajando sugerem que um ataque imediato possa virar o jogo ou, ao menos, salvar muitas vidas. Se ainda assim os personagens se mantiverem fora da luta, eles veem metade dos atacantes deixando a cidade por volta da meia-noite, com o restante se retirando em pequenos grupos ao longo das próximas horas. Quando o sol começa a nascer, até mesmo uma rápida inspeção mostra que mais da metade dos prédios estão muito danificados e muitas das riquezas da cidade foram levadas embora. Centenas de pessoas machucadas estão reunidas ao redor do forte ou são encontradas escondidas em porões, mas a maioria irá sobreviver.
Sabe o que é o Capítulo 1? O processo de ajudar o governador da cidade se você escolher entrar nela.
Eu lembro de ter honestamente falado pros meus jogadores fazer personagens que estariam dispostos a entrar em uma cidade sitiada por um dragão por heroísmo (ou ódio a dragões) porque eu sinceramente achei a coisa inteira de te obrigar a fazer um ato suicida onde você provavelmente não pode mudar as consequências do que acontece meio estúpida.
Em "provavelmente não pode mudar as consequências do que acontece", o que o livro descreve como consequência do que acontece se você não entrar na cidade.
...O que é exatamente o que acontece se você entrar na cidade. Entrando, você ajuda a resgatar umas pessoas e impedir a invasão do forte principal, que não é invadido com sucesso se os jogadores não escolherem entrar na cidade.
...Kek?
O que eu fiz aqui foi apresentar esse dilema. Eu só não pulei esse capítulo inteiramente porque eu achei ele muito, muito dramático. Só que a consequência de escolher não entrar na cidade era ser pego por uma armadilha dos cultistas, capturado pelos cultistas.
Os personagens capturados então seriam deixados em uma casa pilhada aleatória dentro da cidade e ter de ou batalhar sozinho pelo seu escape, ou esperar ajuda (seja dos jogadores que escolheram entrar, onde resgatar prisioneiros seria a primeira missão que Nighthill daria a eles, ou de um NPC caso nenhum deles tenha uma boa Furtividade).
Para o fim de ajuda do NPC, eu transformei Linan Swift de uma camponesa em uma batedora. Bem mais útil como uma aliada, mas fraca o suficiente para sofrer contra alguns kobolds e depender dos jogadores.
Uma alternativa que eu vi ser adotada por outros mestres para resolver o problema de "a decisão sensata te faz perder tudo o que acontece no jogo" é simplesmente fazer os personagens já estarem dentro de Ninho Verde quando ela for atacada, e deixar explícito que não podem fugir já que todo o exterior da cidade já foi armadilhado ou ela foi sitiada.
Essa aventura também sofre de uma falta de continuidade horrível. Como eu pessoalmente gosto de conectar consequências, eu fiz o seguinte:
  • Tarbaw Nighthill é um membro da família Nighthill de Baldur's. Boas relações com ele permitem aos jogadores um contato político importante mais para frente na aventura (eu planejava expandir o capítulo da aventura que se passa em Baldur's porque Baldur's é uma cidade muito boa). Mesma coisa com Castellan, que está há séculos ajudando os Nighthill.
  • Eles viajariam junto de Fernando Nighthill, sobrinho de Tarbaw, para Baldur's quando voltassem à Ninho Verde para partir em viagem. Fernando estava no forte sendo treinado por Tarbaw para sucedi-lo na administração de Ninho Verde. O papel de Fernando em Baldur's seria, principalmente, permitir a passagem entre os portões nobres (que só podem ser atravessados na companhia de um dos Patriarcas em Baldur's).
  • Linan Swift é uma ex-membro dos Zhentarim em fuga. Ela dá para a pessoa que mais a ajudou e a sua família um tipo de símbolo de confiança que permite não só seu recrutamento futuro na facção (ou um símbolo de confiança para um pequeno grupo anti-Zhentarim) como faria o personagem ser reconhecido pela gnoma Jamna Gleamsilver no futuro.
Acho que a pior coisa de verdade desse capítulo é quantos combates têm nele. Sério. Se você for rodar todas as missões do capítulo, você vai encontrar facilmente mais de 10 combates em uma noite. Calcule quanto tempo demora um combate e você vai perceber como essa aventura consegue matar completamente o seu pacing. Em minha experiência pessoal, eu fico frustrada em três sessões sem avanço na história e desisto mentalmente do jogo em cinco sessões sem avanço na história.
Eu cortei completamente encontros aleatórios e metade dos combates nas missões, mas isso ainda não foi o suficiente para impedir o capítulo de demorar o suficiente para todo mundo perder o interesse na campanha. Minha recomendação para impedir o meu erro é, além de cortar os encontros aleatórios, só adotar aproximadamente metade das missões de Nighthill. Eu recomendo as seguintes:
  • "Procurando o Forte" é obrigatório, mas não precisa ter um combate além do inicial para salvar Linan e a sua família.
  • "O Velho Túnel" deve existir como um ponto de transporte, mas o combate no túnel e no leito do riacho é bem supérfluo. Eu o adotei mas substituí (como balanceamento para o nível de poder dos personagens) os ratos por um guerreiro desaparecido que estava sendo controlado mentalmente por uma corrupção (seria um plot point maior no futuro) para se tornar hostil. Ainda recomendo dropar o combate aqui porque era só um plot point muito específico do meu jogo e ele não adiciona nada ao capítulo.
  • "O Portão de Acesso" é bom para o mood da situação, mas tem partes mais importantes. Pode ser dropado com segurança.
  • "O Ataque do Dragão" é essencial. Eu obedeci a recomendação de uma outra crítica da aventura que vi online e deixei arcos e uma balista à disposição dos jogadores no topo da torre (ainda bem, porque todos os meus personagens eram especializados em meele e assim eles puderam fazer alguma coisa).
  • "Prisioneiro" pode ser feito no meio das outras missões, não tem necessidade de ser uma missão por si só. Mas uma coisa engraçada que aconteceu na minha mesa é que o prisioneiro mentiu bem o suficiente para conseguir convencê-los de que era um espião de Bahamut infiltrado no culto para destruí-lo por dentro (benditos nat 20). Meu plano era fazer ele acompanhar o grupo e ou trair os personagens alguma hora, ou se converter e vender informações para eles dependendo de como a história se desenvolvesse. Eu achei um conflito bem interessante que recomendo fazer para um prisioneiro humano que seja capturado.
  • Você pode escolher só um entre "Salvem o Moinho" e "Santuário" para o sentimento de ir lá fora para resgatar as pessoas, os dois juntos são um pouco supérfluos. Eu recomendo Santuário, pois Eadyan Moonfalcon pode ajudar os personagens e envolve mais planejamento tático por parte dos personagens (que têm de ter o bom senso de não serem capazes de tomar de frente dois dos três grupos rodeando o templo).
  • "O Campeão Meio-Dragão" é o ápice desse capítulo, mas ao mesmo tempo significa que um personagem batalhará até a morte muito cedo na aventura. Eu recomendo mantê-lo se você trabalhar com personagens que não seriam imediatamente mortos por dano excessivo (como personagens level 3). Também faça Cyanwrath apenas usar a sua baforada de dragão se considerar que seu oponente trapaçeou no combate (como usar magia ou itens mágicos) para torná-lo menos mortal. Quando o personagem chegar a 0 HP, faça-o ser curado imediatamente com uma poção de cura administrada por um NPC (ou jogador, se eles tiverem algum slot de magia de cura e estiver presente). É uma morte épica e tudo mais, mas é muito cedo na aventura para realmente ser uma morte.
Os combates, mesmos cortados a tão poucos, ainda são bem repetitivos. Eu usei homebrews de inimigos diferentes, como kobolds feiticeiros e kobolds soldados, para diminuir o sentimento de "estamos batalhando contra 2d8 kobolds iguais" e também por balanceamento (começando a aventura no nível 3 e tudo o mais).
Pessoalmente, eu balanceei todos os combates para serem Difíceis segundo as regras do livro do mestre.
E algumas coisas que também adicionei ao capítulo, mas não necessariamente são fixes necessários:
  • Eu traduzi Nighthill para "Montenegro".
  • Eu traduzi Cyanwrath para "Cianofúria".
  • Eu traduzi Linan Swift para "Linan, a Veloz". Mais porque em Forgotten Realms como eu a mestro, humanos só têm sobrenomes se são nobres, e só ganham títulos por feitos ou fama. Logo Linan tem o título de a Veloz, mas o resto de sua família não.
  • Dei um laço romântico entre Cyanwrath e Frulam Mondath. A aparição dele no capítulo 3 seria um pouco mais dramática assim. E Cyanwrath é completamente o melhor vilão de HotDQ (o único que tem um desenvolvimento significante, também). A popularidade dele é altíssima (é o terceiro NPC mais pesquisado sobre no DnDBeyond) e o fato de ser o "vilão honrado" no duelo contra ele ganha muito a simpatia dos jogadores.
  • O esposo de Linan Swift é um ferreiro. Ele oferece reparo de armamentos e substituições de graça por terem salvo sua vida caso sejam danificados nos capítulos 1-3.
Eu lembro de ter também cortado várias salas do capítulo 3, pulado o capítulo 2 completamente cortado encontros de viagem do capítulo de viagem, mas nunca mestrei eles per se então não acho que minha crítica deles seria construtiva.
Conclusões finais: Se você tem de mudar tanto assim de uma aventura apenas para ela ser jogável, vale mais a pena escrever a sua própria. Eu acho que gastei mais tempo mudando esse capítulo do que eu gastaria escrevendo uma aventura por mim mesma, porque foram horas de trabalho. Embora já seja trabalho pronto aqui, imagine que você teria de repetir isso para todos os capítulos.
Recomendo: Não.
submitted by Whisdeer to rpg_brasil [link] [comments]


2020.08.27 16:02 Scabello More about Belarus color "revolution"

Text from a amazing marxist virtual magazine from Brazil.

https://revistaopera.com.b2020/08/26/belarus-nacionalismo-e-oposicao/

Belarus: nacionalismo e oposição


As manifestações em Belarus estão recebendo uma grande cobertura nos meios ocidentais, o que se reflete na imprensa brasileira, que se contenta em traduzir e repetir aquilo que é dito em grandes veículos europeus. A amplitude e até a paixão dessa cobertura gera, por efeito de contraste, uma sensação de falta de profundidade, já que em meio de tantas notícias, carecemos até mesmo de uma introdução sobre aspectos específicos do conflito e dos atores que participam dele. O que a cobertura nos oferece, no entanto, é uma narrativa sobre manifestantes lutando contra um ditador em nome da liberdade, discurso fortalecido por uma certa abundância de imagens. Na frente desta luta, a candidata derrotada – alegadamente vítima de fraude – Sviatlana Tsikhanouskaya, uma “mulher simples”, “apenas uma dona de casa”, o símbolo da mudança. Em alguns dos meios de esquerda e alternativos, este posicionamento da grande mídia já gera uma certa desconfiança. Imediatamente surgem perguntas sobre quem forma essa oposição e se podemos fazer comparações com a Ucrânia em 2014, onde uma “revolução democrática” foi acompanhada por grupos neofascistas, ultranacionalismo e chauvinismo anti-russo. Outros já se revoltam contra o reflexo condicionado e declaram que não podemos julgar os eventos de Belarus pela ótica dos eventos ucranianos, e que avaliações não deveriam ser feitas na função inversa da grande mídia. Me deparando com a diversidade de problemas que podem ser desenvolvidos a partir do problema de Belarus, decidi começar com um problema simples de imagem e simbologia, mas que nos traz muitas informações. As imagens que estampam os jornais são dominadas por duas cores: branco e vermelho.

Uma disputa pela história

Uma faixa branca em cima, uma faixa vermelha no meio e outra faixa branca embaixo – esta bandeira domina as manifestações oposicionistas em Belarus. Ela surgiu primeiro em 1919, em uma breve experiência política chamada de República Popular Bielorrussa, órgão liderado por nacionalistas mas criado pela ocupação alemã no contexto do pós-Primeira Guerra, Guerra Civil na Rússia e intervenção estrangeira que ocorreu naquele período. Uma bandeira diferente do símbolo oficial de Belarus: do lado esquerdo, uma faixa vertical reproduz um padrão tradicional bielorrusso, como na costura, em vermelho e branco, do lado duas faixas horizontais, vermelho sobre verde (somente um terço em verde). Bandeira muito similar à velha bandeira da República Socialista Soviética de Belarus, com a diferença que na antiga o padrão tradicional estava com as cores invertidas e na massa vermelha horizontal brilhava a foice-e-martelo amarela com uma estrela vermelha em cima. Os manifestantes também usam um brasão de armas histórico do Grão Ducado da Lituânia, a Pahonia, onde vemos um cavaleiro branco, brandindo sua espada e segurando um escudo adornado por uma cruz jaguelônica. O emblema oficial de Belarus, no entanto, é diferente, correspondendo à simbologia soviética, onde um sol que se levanta sobre o globo ilumina o mapa de Belarus, com bagos de trigo nos flancos e uma estrela vermelha coroando a imagem. Essa diferença entre símbolos do governo e da oposição não é só uma diferença política momentânea, mas remete a uma disputa pela identidade nacional de Belarus, a processos divergentes de formação de consciência nacional, conforme exemplificados por Grigory Ioffe. Quando Belarus se tornou independente da União Soviética nos anos 90, isto aconteceu apesar da vontade popular, sem movimentos separatistas como os que ocorreram vigorosamente nas repúblicas soviéticas bálticas, vizinhas de Belarus pelo norte, ou na parte ocidental da Ucrânia, país que faz fronteira com Belarus pelo sul. Pelo menos até pouco tempo atrás, a maioria dos cidadãos se identificava com a Rússia e concebia a história de Belarus no marco de uma história soviética. Para a maioria da população, o evento mais importante da história de Belarus foi a Grande Guerra Patriótica, isto é, a resistência contra os invasores nazistas, o movimento partisan como primeiro ato de vontade coletiva. É depois da guerra que os bielorrussos se tornam maioria nas cidades do país (antes de maioria judaica, polaca e russa), bem como dirigentes da república soviética – líderes partisans se tornaram líderes do partido. Esse discurso filo-soviético também é acompanhado pela ideia de proximidade com a cultura russa, inclusive a constatação de que é difícil fazer uma diferenciação nacional entre as duas culturas. Em termos de narrativa histórica, isso é acompanhado por afirmações como a de que a Rússia salvou o povo das “terras de Belarus” da opressão nacional e religiosa dos poloneses. Então, figuras históricas da Rússia são lembradas, como por exemplo o general Alexander Suvorov (1730 – 1800), que é celebrado como um herói da luta contra a invasão polonesa das “terras de Belarus” e da Rússia em geral. Essa ideia de união entre Rússia e Belarus é fundamental para o pan-eslavismo. A revolução em 1917 também é considerada um episódio nacional, o começo da criação nacional de Belarus dentro da União Soviética, com sua própria seção bolchevique e adesão dos camponeses à utopia comunista, mas nem isso e nem a história nacional russa superam a Segunda Guerra Mundial como fator de consciência nacional. Contra esta visão surgiu uma alternativa ocidentalizante, que propõe que Belarus é um país completamente diferente da Rússia, que foi dominado pela Rússia e que precisa romper com Moscou para ser um país europeu. Essa tendência tenta afirmar a existência de um componente bielorrusso específico na Comunidade Polaco-Lituana, identificando a elite pré-nacional com nobres locais. Atribuem a “falta de consciência nacional” no país à intrigas externas. Seus heróis de forma geral são heróis poloneses, e celebram quando os poloneses invadiram a Rússia. Se esforçam por fazer uma revisão histórica que justifique a existência de uma nacionalidade bielorrussa atacando a narrativa ligada à Segunda Guerra Mundial, renegando a luta dos partisans e enquadrando sua nação como uma “vítima do estalinismo”, que passa ser comparado com o nazismo como uma força externa. Suas preocupações centrais, além de tentar construir uma história de Belarus antes do século XX, está a preservação da língua bielorrussa em particular, com suas diferenças em relação ao russo. Nessa visão, as repressões do período Stálin deixam de ser uma realidade compartilhada com os russos e outras nacionalidades soviéticas, para ser entendida como uma repressão contra a nação de Belarus, exemplificada principalmente pela repressão de intelectuais nacionalistas. Na tentativa de desconstruir o “estalinismo” e os partisans, os nacionalistas defenderam a Rada Central de Belarus, um órgão colaboracionista criado pela ocupação alemã, que não pode ser chamado sequer de governo títere, mas que adotava a visão histórica dos nacionalistas e fez escolas de língua exclusivamente bielorrussa em Minsk. A Rada foi liderada por Radasłaŭ Astroŭski, que foi para o exílio norte-americano e dissolveu órgão depois da guerra para evitar responsabilização por crimes de guerra. A versão nacionalista não só defende a “posição complicada” dos colaboradores nos anos 40, como revisa positivamente o papel do oficial nazista Wilhelm Kobe, Comissário Geral para Belarus entre 1941 e 1943 (até ser assassinado pela partisan Yelena Mazanik). Argumenta-se que Kobe seria um homem interessado nas coisas bielorrussas e seu domínio permitiu o florescimento nacionalista. Do lado colaboracionista existiu uma Polícia Auxiliar e a Guarda Territorial Bielorrusa, as duas ligadas aos massacres nazistas e associadas a uma das unidades mais infames da SS, a 36ª Divisão de Granadeiros da SS “Dirlewanger”. Depois, foi formada por uma brigada bielorrussa na 30ª da SS. A colaboração usava as bandeiras vermelha e branca, com a Guarda Territorial usando braçadeiras nessa cor. Essas cores seriam retomadas na independência do país em 1991, mas foram muito atacadas por sua associação com a colaboração. Por isso ela foi rechaçada por uma maioria esmagadora em um referendo realizado em 1995, que definiu os símbolos nacionais de hoje e mudou o “Dia da Independência” para 3 de Julho, dia em que Minsk foi libertada das forças de ocupação nazista, em 1944. A visão nacionalista e ocidentalizante é minoritária, compartilhada por algo entre 8% e 10% da população; número que é consistente com o número de católicos do país – um pouco maior, na verdade, o que serve para contemplar uma minoria de jovens de Minsk, que proporcionalmente tendem a ser mais adeptos de uma visão distinta da história soviética. Em 1991, o nacionalismo se reuniu na Frente Popular Bielorrussa, em torno da figura do arqueólogo Zianon Pazniak, que representava uma militância radical, anti-russa, europeísta e guardiã dessa simbologia nacional. O movimento fracassou e parte disso provavelmente se deve à liderança de Pazniak, tido como intolerante. Havia também um movimento paramilitar chamado Legião Branca, que se confrontaria com Lukashenko no final dos anos 90. Estes seriam “os nazis bielorrussos dos anos 90”, pecha que é disputada por seus defensores, que os retratam até mesmo como democratas, mas que é justificada por seus detratores baseada em seu separatismo étnico e intolerância dirigida aos russos apesar de viverem no mesmo espaço e a maioria do seu próprio país falar a língua russa. Ainda assim, o alvo-rubro vem sendo reivindicado como um símbolo de liberdade, democracia e independência: seus defensores vêm tentando firmar a identidade dessa bandeira mais em 1991 do que em 1941. Para todos os efeitos, se tornou um símbolo de oposição Lukashenko, símbolo de “outra Belarus”, com boa parte dos jovens mantendo uma atitude receptiva em relação a ela – um símbolo carregado de controvérsia, mesmo assim. Essas divergências simbólicas escondem diferentes histórias e questões políticas radicais. Além disso, é possível constatar que Belarus tem dois componentes nacionais externos em sua formação: os poloneses e os russos. No plano religioso, o catolicismo associado com Polônia e a ortodoxia associada à Rússia (segundo dados de 2011, 7,1% da população católica, 48,3% ortodoxa e 41,1% diz não ter religião, 3,5% se identificam com outras). Na disputa histórica, existe uma narrativa filo-soviética e outra ocidentalizante. Nesta última década, o próprio governo Lukashenko presidiu sobre uma política de aproximação e conciliação dessas narrativas históricas sobre Belarus, tentando ocupar uma posição mais nacionalista, mesmo que mantendo o núcleo soviético como fundamental. Esta aproximação foi muito criticada por um núcleo duro de patriotas e irredentistas russos. Por outro lado, dentre os manifestantes não necessariamente há uma ruptura total com a narrativa histórica partisan e motivos antifascistas, pelo menos não se buscarmos casos individuais – nesse caso, o uso histórico da bandeira seria ignorado ou superado por outra proposta. Apesar de existir uma oposição que busca lavar a bandeira alvirrubra, é possível identificar nacionalistas radicais na oposição?

Belarus não é Ucrânia – mas pode ser ucranizada?

Pelo menos em meios ocidentais, se afirmou muito que “a crise de Belarus não é geopolítica”. Muitos textos publicados no Carnegie Moscow Center elaboraram em torno dessa afirmação. A declaração da Comissão Europeia afirmou isso. O professor e colunista Thimothy Garton Ash escreveu no The Guardian que sequer se pode esperar um regime democrático liberal depois da saída de Lukashenko, e relata contatos com bielorrussos que dão a impressão de um sentimento ao mesmo tempo oposicionista e pró-russo. Por esse argumento, Belarus é diferente da Ucrânia, as manifestações não têm relação com geopolítica, os bielorrussos até gostam da Rússia e a lógica extrapola ao ponto de dizer que, portanto, Putin tende a apoiá-las. Mais de um texto fala de como a identificação entre bielorrussos e russos, como povos irmãos ou até iguais, “anula” essas questões – isto é, estes textos têm como pressuposto uma solidariedade nacional, uma continuidade entre os dois povos, algo distinto do radicalismo nacionalista. Até parecem acreditar que isto tiraria de Putin o interesse de ajudar Lukashenko ou da Rússia enquadrar esses eventos na sua visão estratégica como algo equivalente ao problema ucraniano. De fato, Belarus não é a Ucrânia. A divisão sobre a identidade nacional não é tão polarizada em Belarus como é na Ucrânia. A divisão regional e linguística, bem como as diferentes orientações geopolíticas, não é tão radical. A marca da colaboração e suas consequências políticas não é tão forte em Belarus como é na Ucrânia – não acredito que o nacionalismo em Belarus está no mesmo patamar do ultranacionalismo ucraniano. No plano da operação política, a comparação com a Ucrânia é feita em função do Maidan de 2014, onde também existem diferenças. O Maidan teve a participação decisiva de partidos políticos consolidados e posicionados dentro do Parlamento, que no momento final tomaram o poder do presidente Yanukovich usando seu poder parlamentar. Partidos ligados a oligarcas multimilionários, com políticos que enriqueceram em negócios de gás, e nas ruas uma tropa de choque de manifestantes formada por nacionalistas bem organizados. Dito isso, devemos olhar para o posicionamento da oposição bielorrussa e não aceitar de forma acrítica as narrativas de que a manifestação não tem nada a ver com geopolítica e que não possuí liderança. Alegam que questões como adesão à OTAN e integração europeia não são primárias na política de Belarus – será mesmo? E essas questões nacionais, não têm relação alguma com as manifestações? Primeiro, um dos movimentos que protagoniza enfrentamentos de rua em Belarus desde outros anos (especialmente nos enfrentamentos de rua de 2010) e se destaca nos meios oposicionistas, inclusive com reconhecimento ocidental, é a Frente Jovem, que é um movimento nacional radical, acusado de filo-fascista e ligado aos neofascistas ucranianos. Este movimento também é ligado ao partido Democracia Cristã Bielorrusa (DCB), o qual ajudou a fundar. Ambos são contra o status oficial da língua russa e querem retirar o russo das escolas. Pavel Sevyarynets, um dos fundadores da Frente Jovem e liderança da DCB, é frequentemente referido como dissidente e “prisioneiro de consciência” foi organizador da campanha “Belarus à Europa”. Ele foi preso antes das eleições como um organizador de distúrbios. A Revista Opera teve acesso ao material de um jornalista internacional que entrevistou um professor de artes bielorrusso, autoproclamado anarquista e defensor das manifestações, que se referiu à prisão de Sevyarynets como um ato preventivo do governo e respondeu a uma pergunta sobre as reivindicações do movimento dizendo que as pessoas tem em sua maior parte bandeiras nacionalistas. Em segundo lugar, cabe ressaltar que um dos principais partidos de oposição e representante das declarações atuais é o Partido da Frente Popular Bielorussa (PFPB), descendente da Frente Popular dos anos 90, um partido de direita, adepto da interpretação nacionalista, hostil à Rússia e pró-europeu. O PFPB, a Democracia Cristã, a Frente Jovem e o partido “Pela Liberdade” são parte de um “Bloco pela Independência de Belarus”. Estes movimentos tiveram vários contatos com grupos neofascistas ucranianos, com a Frente Jovem em específico mantendo relações de longa data e tomando parte em marchas em homenagem a colaboradores como Stepan Bandera e Roman Shukeyvich (que na SS Natchigall foi um carrasco dos habitantes e partisans do sul de Belarus) – diga-se, entretanto, que não necessariamente funcionam da mesma forma que as organizações extremistas. Mesmo movimentos que se organizam como ONGs, com aparência de ativismo genérico e recebendo dinheiro de programas para promover a democracia a partir da Lituânia (que por sua vez direciona dinheiro do Departamento de Estado dos Estados Unidos), servem como organizações nacionalistas, como é o caso da ONG BNR100. Em terceiro lugar, podemos olhar para algumas lideranças de oposição presentes no Conselho de Coordenação formado para derrubar Lukashenko. Foi proclamado que o Conselho de Coordenação é composto por “pessoas destacadas, profissionais, verdadeiros bielorrussos”, por aqueles que “representam o povo bielorrusso da melhor maneira, que nestes dias estão escrevendo uma nova página da história bielorrussa”. Olga Kovalkova, peça importante da campanha de Sviatlana Tsikhanouskaya, que já havia listado pessoas do conselho antes dele ser anunciado oficialmente, em sua página do Facebook. Ela mesma é um dos membros. É graduada pela Transparency International School on Integrity e pela Eastern European School of Political Studies (registrada em Kiev, patrocinada pela USAID, National Endowment for Democracy, Open Society Foundation, Rockefeller Foundation, Ministério das Relações Exteriores da Polônia, União Europeia e estruturas da OTAN). Kovalkova é co-presidente da Democracia Cristã Bielorrussa; defende a saída de Belarus da Organização Tratado de Segurança Coletiva (OTSC; Tratado de Takshent), a separação do Estado da União com a Rússia e a retirada do russo da vida pública. O outro co-presidente da DCB, Vitaly Rymashevsky, também está no conselho. Ales Bialiatski, famoso como defensor dos direitos humanos e que foi preso sob acusação de enganar o fisco a respeito da extensão de sua fortuna, também fez parte do movimento nacionalista da Frente Popular de Belarus, do qual foi secretário entre 1996 e 1999 e vice-presidente entre 1999 e 2001. Também é fundador da organização Comunidade Católica Bielorrussa. É presidente do Viasna Human Rights Centre (financiado por Eurasia Foundation, USAID e OpenSociety) e recebeu o prêmio liberdade do Atlantic Council, além de prêmios e financiamentos na Polônia. Sua prisão em 2011 foi baseada em dados financeiros fornecidos por promotores poloneses e lituanos, enquadrado por um artigo de sonegação da lei bielorrussa.
Na hoste dos nacionalistas mais comprometidos representados no Comitê de Coordenação temos também Yuras Gubarevich, fundador do partido “Pela Liberdade”, antes um dos fundadores da “Frente Jovem” e foi durante anos liderança do Partido Popular; uma das grandes lideranças oposicionistas.
📷
Pavel Belaus é ligado à Frente Jovem, um dos líderes da ONG Hodna e dono da loja de símbolos nacionalistas Symbal. Ele também é ligado ao movimento neofascista ucraniano Pravy Sektor e esteve envolvido na rede de voluntários bielorrussos para a Ucrânia. Andriy Stryzhak, do BNR100, ligado ao Partido da Frente Popular, coordenador da iniciativa BYCOVID19. Participou do Euromaidan, de campanhas de solidariedade com a “Operação Antiterrorista” de Kiev no leste da Ucrânia e de articulação com voluntários bielorrussos. Andrey Egorov promove a integração europeia. Alexander Dobrovolsky, líder liberal ligado ao velho eixo de aliados de Boris Yeltsin no parlamento soviético, é pró-ocidente. Sergei Chaly trabalhou em campanhas de Lukashenko no passado, é um especialista do mundo financeiro, ligado a oposição liberal russa e pro ocidente. Sim, também existem elementos de esquerda liberal ligados ao Partido Social Democrata de Belarus (Hromada), uma dissidência do PSD oficial, que é a favor da adesão à União Europeia e da OTAN. Dito isso, não falamos o suficiente da influência nacionalista. Tomemos por exemplo o grupo Charter 97, apoiado pelo ocidente, principalmente pela Radio Free Europe, que se estiliza como um movimento demo-liberal. Dão espaço para a Frente Jovem, onde naturalmente seu líder pode chamar os bielorrussos que combatem na Ucrânia de “heróis” pois combatem a “horda” (se referindo a Rússia da mesma maneira que o Pravy Sektor). Voluntários bielorrussos combateram ao lado de unidades do Pravy Sektor e do Batalhão Azov. Durante as manifestações, o Charter 97 publicou, no dia 15 de agosto, um texto comemorando o “Milagre sobre o Vistula: no dia 15 de agosto o exército polonês salvou a Europa dos bolcheviques” e “Dez Vitórias de Belarus”, em que a Rússia é retratada como “inimigo secular” dos bielorrussos. Ações de ocupação de poloneses contra a Rússia são celebradas como “vitórias bielorrussas”. É importante também observar o papel que padres católicos vêm cumprindo nas manifestações, inclusive se colocando à frente de algumas delas. O bispo católico Oleg Butkevich questionou as eleições no dia 12 de agosto. Pelo menos em Lida, em Vitebetsk, Maladzyechna e em Polotsk, clérigos organizaram manifestações. Em Minsk, tomou parte o secretário de imprensa da Conferência de Bispos de Belarus, Yury Sanko. Em Polotsk, sobre a justificativa de ser uma procissão, o padre Vyacheslav Barok falou do momento político como uma “luta do bem contra o mal”. É claro que padres católicos podem participar de movimentos políticos de massa, eles também são parte da sociedade, mas este dado não deixa de ter uma significação política específica, visto que os radicais do nacionalismo bielorrusso se organizam no seio da comunidade católica. Ao mesmo tempo, isso gera ansiedade em um “outro lado”, no que seria um lado “pró-russo”, não só por conta de conspirações sobre “catolicização” do país, mas por ter visto na experiência ucraniana a associação de clérigos do catolicismo grego a neofascistas e eventualmente o Estado bancando uma ofensiva contra a Igreja Ortodoxa russa, o que inclui tomada de terras e expropriação de templos. O mesmo problema está ocorrendo neste ano com os ortodoxos sérvios em Montenegro; existem dois precedentes recentes no mundo religioso cristão ortodoxo que podem servir para uma mobilização contra as manifestações.

Programa de oposição: em busca do elo perdido

A candidatura de Tikhanovskaya não tinha um programa muito claro fora a oposição a Lukashenko. Porém, um programa de plataforma comum da oposição, envolvendo o Partido da Frente Popular, o Partido Verde, o Hramada, a Democracia Cristã e o “Pela Liberdade” chegou a ser formulado em uma “iniciativa civil” envolvendo estes partidos e ONGs que estava no site ZaBelarus. Depois, parte deste programa foi transferido para o portal ReformBy. Quando o programa passou a ser exposto no contexto das manifestações (por volta do dia 16), a oposição tirou o site do ar, mas ele ainda pode ser acessado com a ferramenta Wayback Machine. O programa quer anular todas as reformas e referendos desde 1994, retornando à Constituição daquele ano (e conforme escrita pelo Soviete Supremo). Se compromete a retirar da língua russa seus status oficial, além de substituir a atual bandeira por uma vermelho e branca. Existe uma proposta de reforma total de todas as instituições: bancárias, centrais, locais, judiciais, policiais, militares.
O programa também tem uma sessão dedicada à previdência, criticando o sistema de repartição solidária de Belarus como “falido” e responsável por uma “alta carga tributária sobre os negócios”. Propõem “simplificação”, “desburocratização” e “alfabetização financeira da população” para que esta assuma sua parcela de responsabilidade pela aposentadoria. O sistema seria “insustentável” no ano de 2050 por razões demográficas. Também criticam o “monopólio” da previdência pública, “sem alternativas no mercado”. A proposta oposicionista é de contas individuais de pensão com contribuição obrigatória, mas sem eliminar o sistema solidário, tornando o sistema “baseado em dois pilares”; elevar a idade de aposentadoria das mulheres (57) para igual a dos homens (62); “desburocratização” através da eliminação e fusão de órgãos públicos de seguridade social; eliminar diversos tipos de benefício e igualar os valores para todos os cidadãos (independente da ocupação). Essas propostas previdenciárias em específico são assinadas por Olga Kovalkova. Na seção de economia, o programa fala de um “problema do emprego” criticando as empresas estatais e demandando flexibilização da legislação, “incentivos para os investidores”, “uma política macroeconômica de alta qualidade, i.e. inflação baixa, política fiscal disciplinada, escopo amplo para a iniciativa privada”; “o mercado de trabalho é super-regulado”, diz o documento. “Melhorar o ambiente de negócios e o clima de investimentos”, “tomar todas as medidas necessárias para atrair corporações transnacionais”, “privatização em larga escala”, “criação de um mercado de terras pleno”, “desburocratização e desmonopolização da economia”, “adoção das normas básicas de mercado e padrão de mercadorias da União Europeia”, enumera o programa dentre as diversas propostas, que incluem privatização de serviços públicos e criação de um mercado de moradia competitivo. Até aqui, com exceção da referência à língua russa, estamos falando mais de neoliberais do que nacionalistas propriamente. Podemos dizer também que pontos como adoção de padrões europeus e reformas econômicas influenciam a questão geopolítica. Ainda assim, boa parte dessas reformas econômicas também são defendidas por Viktor Barbaryka, empresário bielorrusso que era tido como principal candidato de oposição a Lukashenko que está preso por crimes financeiros; Barbaryka é considerado um “amigo do Kremlin”, pró-russo. Existe uma seção perdida, a seção de “Reforma da Segurança Nacional”. Na primeira semana de protestos, surgiu na rede uma suposta reprodução do conteúdo dessa seção¹. O conteúdo é uma análise ocidentalista que enquadra o Kremlin como uma ameaça, propondo a saída do Tratado de Takshent, da União com a Rússia e medidas para fortalecer o país com “educação patriótica”. Muitos temas que já foram vistos na Ucrânia, com a identificação do Kremlin como uma ameaça tendo como consequência a proposição de medidas contra “agentes do Kremlin” dentro do país, na mídia e na sociedade civil (e, dentre elas, uma proposta de “bielorrussificação” das igrejas). Tão logo isso passou a ser denunciado na primeira semana depois das eleições, o site inteiro foi tirado do ar. A oposição, tendo entrado em um confronto prolongado que pelo visto não esperava (contando com a queda rápida de Lukashenko) sabe que esse tipo de coisa favorece o governo e cria um campo favorável para ele, por isso agora tentam se dissociar, falando deste programa como produto de uma iniciativa privada, apesar de ser uma articulação política envolvendo líderes da oposição. Tanto seus elementos de reforma econômica combinam com o que diziam políticos de oposição liberal em junho, como as supostas posições geopolíticas casam com os nacionalistas que tomam parte da coalizão (e na verdade, é um tanto óbvio que pelo menos uma parte considerável dos liberais é pró-OTAN). No mesmo dia que tal documento foi exposto na mídia estatal bielorrussa – e mais tarde, comentado por Lukashenko em reunião do Comitê Nacional de Defesa – o Conselho de Coordenação declarou oficialmente que desejam cooperar com “todos os parceiros, incluindo a Federação Russa”. Desinformação? Por mais provocativas que sejam as posições do suposto trecho do programa, é fundamentalmente o discurso normal de nacionalistas e liberais atlantistas em Belarus; agora que os dados foram lançados, é natural que a direção oposicionista que não reconhece os resultados das eleições procure se desvencilhar desses posicionamentos estranhos aos seu objetivo mais imediato, que é derrubar Lukashenko.² Ainda que os manifestantes possam ter motivações diversas, a situação atual está longe de ser livre do peso da geopolítica e das narrativas históricas que sustentam o caminhar de um país.
Notas:¹ – Procurando o trecho em russo no Google com um intervalo de tempo entre o primeiro dia de janeiro de 2020 até o primeiro dia de agosto (isto é, antes disso virar uma febre na rede russa), o próprio mecanismo de pesquisa oferece uma página do “Za Belarus” que contém o trecho, mas com um link quebrado – sinal de que há algum registro no cache do Google. A data é dia 25 de junho.
² – O Partido da Frente Popular da Bielorrússia acusou Lukashenko de “fake news” ao divulgar o que seria o seu programa como se fosse de Tikhanovskaya, tratando as medidas como “inevitáveis para Belarus” porém “fora de questão” no momento. O programa, naturalmente, é marcado pela retórica nacionalista e defende adesão de Belarus na OTAN, mas não usa o mesmo palavreado. Da mesma forma o programa do PFPB também tem princípios liberais-conservadores na economia.
submitted by Scabello to fullstalinism [link] [comments]


2020.08.16 22:05 le_demarco Mostrem as suas caras covardes!

Não sei como é na cidade de vcs mas na minha está "brotando" milhares de outdoors com mensagens a favor do presidente Bolsonaro, mas adivinha, tem algo de muito estranho com eles porque eles não citam que produziu e de quem é financiado! Isso é um absurdo! E alem disso percebi que grande maioria dos outdoores contra o bolsonaro e pedindo auxilio aos funcinários da saúde foram destruídos em tempo recorde! Tinha um no caminho para as ilhas quase na entrada de Montenegro (quem é de POA sabe do que eu to falando) mas ele foi destruido em menos de uma semana, entre muito outros, eles pelo menos tem a decência de falar quem produz e nós sabemos quem está financiando (É o Simpa juntamente de outras fundações) enquanto vocês produtores de propaganda bolsonarista se escondem, não passam de covardes.
Além disto imagina quanto dinheiro eles estão gastando com toda essa propaganda a favor do bolsonaro? Eles limpam outdoor toda semana, colocam novos em diversos locais, mais o custo de produção, não duvido que os custos de todo essa "campanha" chegue na casa dos 300.000 reais oque é ridículo. Também não duvido que esses caras ai que estão financiando campanha de genocida não estejam envolvidos com a destruição dos outros outdoores contra o bolsonaro.
Eu entendo que somos um país livre, e que todos tem o direito de se expressar, mas por favor no mínimo tenha a decência de falar quem vocês são porque está ridiculo isto, então mostrem suas caras covardes nos digam quem são!
submitted by le_demarco to brasil [link] [comments]


2019.10.07 21:58 Kaufmann_Gross PRÉDIO A VENDA

Casa à venda no Condomínio Montenegro Boulevard 4 suítes 650m2 Parque Verde Belém PA Com a seguinte configuração: Sala, cozinha, Home com banheiro, lavabo, banheiro externo, piscina. Parte superior 4 suítes, sendo uma master com closet. As duas suítes restantes já estão com blindex, torneira, chuveiro e cabeamento de central. Terreno 15x30 área construída 650 m2 Perímetro e localização privilegiada no bairro Parque Verde Belém PA O Parque Verde possui uma grande faculdade - a FEAPA, três grandes redes de supermercados (Líder, Formosa e Nazaré), quatro importantes colégios (CEI, Impacto, Feapa, Sophos), Curso de Idiomas Aslan e Academia Greco Forma. Um empreendimento que modificou o cenário da rodovia é o Parque Shopping Belém, localizado próximo à nova Avenida Centenário e com diversos condomínios verticais de alto padrão em seu entorno. Grandes obras de melhorias, viárias têm sido feitas ao longo da região, como a abertura das Avenidas Independência e Centenário - interligando ao centro da cidade.
submitted by Kaufmann_Gross to u/Kaufmann_Gross [link] [comments]


2019.09.03 21:57 renaum 78 livros em português grátis em 03/09

  1. AISLAN DLANO - 12 DISCIPULOS
  2. MEI Na Internet - 5 formas simples de proteger seu site WordPress: Como Criar Sites Rentáveis e de Alta Conversão Usando o Wordpress (Sucesso Com WordPress Livro 0)
  3. Danilo H. Gomes - A Arte de Saber Se Relacionar: Aprenda a se relacionar de modo saudável
  4. Carlos Vieira - A bela Viviane
  5. Francisco Barroso - A ESCRITURA (Contos Kafkianos Livro 1)
  6. André Rodrigues - A importância de limpar a casa e jogar fora coisas velhas
  7. E P Reis - A Luz de um Anjo: Conto
  8. Elizabeth Gaskell - A Mulher Cinza
  9. S. C. - A Secretária
  10. Mc Krause, Stanford - A vida no império asteca
  11. Geraldo Paiva - A vida nos escombros (Fim da 1ª Parte - Cap. VI a VIII)
  12. Luana Oliveira - Amor Verdadeiro
  13. Lady Maria e Jordan Rocha - Amores que batem a porta
  14. Márcia Lima - AMORES QUE CURAM (Contos de Amor e Outras Drogas Livro 1)
  15. mauro judice - Androides Não Choram
  16. Cris Vazquez - Anfíbia: Conto da Antologia Onisciente Contemporâneo
  17. REIS DE ARRUDA, RODRIGO - ANTI-CAÇADOR
  18. Nnama Jr, Samuel - Apocalipse Zumbi: A Queda do Homem e a Ascensão dos Mortos- (Mundo dos Mortos-vivos Livro 1)
  19. Anderson Mendonça - As aventuras de Ratazana Joe
  20. G.H Cordero - As Relíquias dos deuses: O regresso do Mal
  21. Gomez Bezerra, Bia - Bela e Insaciável: Conto Hot
  22. Editora Saúde - Bronquite : O que você precisa saber sobre essa doença respiratória
  23. Tiago Júlio Martins - Cabeça Bipolar
  24. Seu Relacionamento Melhor - Casamento Feliz: Como Ser Feliz no Casamento
  25. FIEL FILHO - CIDADEZINHA QUALQUER: UMA PEQUENA E GRANDE CIDADE
  26. Xiko Acis - Código de Conduta e Princípios Éticos: Criando Organizações: Ricas, Éticas, Inspiradoras e Perenes
  27. Nico Bellick - COMO APRENDER FRANCÊS EM ATÉ 6 MESES: O guia definitivo
  28. Paula da Silva, Renato - COMO SOBREVIVER AO SEU MÉDICO: DESCUBRA AS PRINCIPAIS MENTIRAS CONTADAS POR SEU MÉDICO E POR QUE ELE PRECISA TE ENGANAR PARA SOBREVIVER
  29. Dr. Bila - Como usar a masturbação para obter o equilíbrio da sexualidade
  30. Lucas Litrento - Concurso Paul Rabbit Ano 1: Fanfics do Podcast 30:MIN
  31. Furtado Alencar, Dom Paulo - Crônicas do Dom
  32. Geraldo Paiva - Devaneios de um adicto (Vozes que a noite sepultou Livro 4)
  33. Leddy Harper - Em Silêncio
  34. Paolo Libano - Energia & Sucesso
  35. Ana Hansen - Enzo - Implacável
  36. Caroline Helena - Guerra de Emoções
  37. Ruiz Garcia, Vanessa - Guia: Como Começar a Trabalhar Online: Aprenda e Aplique Agora Os 4 Passos Para Trabalhar Online Da Forma Correta
  38. Carlos Vieira - Hella
  39. Linn Tavares - Henrique, o Governador
  40. César Costa - Histórias de terror da vida contemporânea (Contos de Nils Livro 1)
  41. Caroline Cardoso - Idas e Vidas: A força que habita na nossa fraqueza
  42. Caroline Helena - Jogando com o Amor
  43. Souza Ragassi, Mariângela - Não julgarás: Valeriana e outras sete
  44. Aryanne Soares - Noções Básicas de Desenvolvimento de Roteiro
  45. Alana Gabriela - Noite outra vez: Até que as estrelas apareçam ou que seja dia
  46. Francisco Barroso - O GANHADOR DA LOTERIA
  47. AISLAN DLANO - O Inspirador de Pincel
  48. TAD SUZUKI - O livro ilustrado para um adulto aflito (Segunda Edição)
  49. AISLAN DLANO - O LIVRO MAIS LIDO DE TODOS OS TEMPOS
  50. Ramiro Alves - O livro sacro-macabro
  51. Vilchez Caceda, Arquimedes - O Magnésio: Experimentando um copo da fonte da eterna juventude
  52. Francisco Barroso - O QUINTO CAVALEIRO
  53. Francisco Barroso - O Rei Digno
  54. Francisco Barroso - O SEGREDO DA FELICIDADE
  55. Danilo H. Gomes - O Segredo do Carisma: Ser carismático não é tão difícil quanto parece
  56. James Dallacosta - O senhor da fronteira do Leste
  57. Joas Antonio - Offensive Security Wireless Professional Fundamentals
  58. Ricardo Bizeli - Os Mitos da Obesidade: O que você NÃO sabia sobre o nosso peso!
  59. Geraldo Paiva - Poesia completa Vol. II: Crónicas do efémero seguido de Devaneios de um adicto (Obra poética completa Livro 2)
  60. Editora Você Melhor - Procrastinação: O Que É Procrastinação e Como Se Motivar
  61. Tatiana Gonçalves - Quem nunca viveu?
  62. Vandi Dogado - Quim Nunca Esteve Lá: causos populares
  63. Letícia Ferreira - Rebeldia perfeita (Os Ackermanns Livro 2)
  64. Luigi Savagnone - Rebeliões Perigosas
  65. Nnama Jr, Samuel - Renda Passive: Idéias 2 Manuscritos Incluídos, Renda Passiva e Como Ganhar Dinheiro Online. Métodos Comprovados Para Iniciar um Negócio On-line e Adquirir Liberdade Financeira
  66. de Souza, Michela - Se o PARA SEMPRE não for suficiente: Livro 2
  67. Pedro Victor Montenegro - Sob Invasão
  68. Alison Mingot - Somente por Amor - Quando a menina terna e humilde se apaixona por um poderoso milionário, só uma coisa pode acontecer
  69. L. de Andrade, Ronaldo - Sonhadores: Chamas de Sentimentos
  70. Abril Olguin - Te amar sem tempo
  71. Danilo H. Gomes - Tudo Depende de Como Você Vê: É no olhar que tudo começa
  72. A. N. SMITH - Um cara chamado John: Um romance arrebatador!
  73. de Faria, Jose Romero Oliveira - Uma ponte para a liberdade
  74. Danilo H. Gomes - Vença Seus Pensamentos ou Eles Vencerão Você: Aprenda como educar sua mente
  75. Thomas Matiolli Machado - Vença sua mente: Um guia prático sobre a autossabotagem (Série: Vença! Livro 1)
  76. Fabio Siqueira - Vetor Profissional: Para Líderes e Empreendedores
  77. Davi Frazão - Vivos ou Mortos Temos História: O Mensageiro Do Futuro
  78. Jay M Londo - Wartorn Love
submitted by renaum to FicouGratis [link] [comments]


2019.08.25 00:22 KokishinNeko Subreddit Stats: portugal top posts from 2018-08-24 to 2019-08-22 19:51 PDT

Period: 363.06 days
Submissions Comments
Total 1000 79747
Rate (per day) 2.75 218.62
Unique Redditors 657 8974
Combined Score 448634 626594

Top Submitters' Top Submissions

  1. 5769 points, 16 submissions: MeltzerIsMyDaddy
    1. Quem quer namorar com o S̷̜̱̬̺͓͖͛̍́̿̽͠r̶̛̜͙̟̘̪̀̍̋͋̔̄͝.̶̳͓̯̰͎̠̎͜ͅ ̵̱͈̩̅͒̾̿͒́͠E̸̻͖̯̲̘͗̌͂͂͆̂̋͛͋͘n̷̻̥̽̋̍̀̄̀g̶̛̗̲̣̙͑̎́̌̍̚e̸̡̮̣̻͉̼̔̔͘n̶̛͈̯̝̺̊͋͋́͐̽̾͜͝h̸̟̰̣̞̝̱͖̒̈́͋e̶̺̜̪̍́̀͌̿̊͗̽̚̕͜į̶͈͚̻͖̔̐͛̏͊̒̄̑͜ͅr̵̭̫̻͆̉̓͜o̸̢̮̳͖͔̊ Agricultor? (749 points, 32 comments)
    2. PSP alerta para novidade tecnológica nos carros (616 points, 81 comments)
    3. Alta de Coimbra, década de 1930, Portugal (566 points, 69 comments)
    4. Sites de "Fake News" em Portugal (535 points, 250 comments)
    5. Spent the whole morning exploring Mosteiro dos Jerónimos, this natural hidden gem in Lisbon. Definitely the biggest surprise in the town in our opinion. (525 points, 60 comments)
    6. Autocarro urbano espetou-se contra um talho em Viseu esta manhã (375 points, 92 comments)
    7. RTP1 - Era uma vez um cuco que não gostava de couves (345 points, 35 comments)
    8. Portugal: Por cada 100 carros vendidos 5 já são elétricos (288 points, 187 comments)
    9. O grande "Tó Madeira" no trailer do Football Manager 2019. (287 points, 26 comments)
    10. E com 10 anos de atraso, SIC passa a emitir em HD. (285 points, 123 comments)
  2. 5313 points, 11 submissions: Jumpyer
    1. Porto, a cidade das gruas (751 points, 157 comments)
    2. Cuidado com o Miguel (705 points, 47 comments)
    3. O estagiário está com preguiça hoje (666 points, 57 comments)
    4. Quem estiver aborrecido com GoT, pode ver a versão tuga (664 points, 90 comments)
    5. O estagiário CM também queria participar no meme day (578 points, 12 comments)
    6. Manneken Pis vestido a rigor (420 points, 9 comments)
    7. Portugal faz hoje oficialmente 840 anos (385 points, 86 comments)
    8. Quando contas até 100 (365 points, 6 comments)
    9. Isto é a sério? (291 points, 154 comments)
    10. Resolvido o problema para quem não é de esquerda nem direita (280 points, 65 comments)
  3. 4769 points, 10 submissions: touny71
    1. Cristiano Ronaldo, viola portuguesa (1243 points, 92 comments)
    2. Turista brasileira salta do tabuleiro da ponte D. Luís.. Nua (635 points, 188 comments)
    3. Há 2 anos, 2 meses e 2 dias festejávamos assim. Obrigado Éder (623 points, 89 comments)
    4. Praça de touros na cratera de um vulcão. Graciosa, Açores (558 points, 74 comments)
    5. Faz hoje 1000 dias. Choremos um pouco (478 points, 51 comments)
    6. João Sousa e as meias-finais: “Estamos muito felizes, o trabalho duro compensa” (387 points, 15 comments)
    7. Está confirmado que a morte de uma idosa no prédio comprado por investidores chineses teve mão criminosa. (262 points, 74 comments)
    8. A SIC entrevistou um guarda prisional que estava no motim no EPL para contar o que se passou , cara tapada e voz distorcida para preservar a identidade. Depois fez uma entrevista ao representante do sindicato..que usava o mesmo casaco (255 points, 33 comments)
    9. Tourada é cultura. Fugir como um cobarde, faz parte (168 points, 301 comments)
    10. Animais do Gerês filmados por câmaras de trilho (160 points, 50 comments)
  4. 4006 points, 1 submission: Camarna
    1. Look who's coming to visit (4006 points, 71 comments)
  5. 3990 points, 8 submissions: gamma-ray-bursts
    1. A lembrar o passado: fui visitar uma vila pequena, pacata e envelhecida nos arredores de Coimbra: Espinhal. Lá encontrei esta mercearia à moda dos tempos que há muito já passaram. A dona já idosa diz que foi passada de geração em geração desde os avós dela. Deu-me uma certa nostalgia. (1010 points, 55 comments)
    2. Unhais da Serra, às portas da Serra da Estrela, ontem (603 points, 34 comments)
    3. [OC] Farol de "Aveiro" à noite (574 points, 37 comments)
    4. Farol da Barra de Aveiro, Verão (568 points, 53 comments)
    5. Coimbra, Portugal, a minha cidade preferida (497 points, 118 comments)
    6. Covilhã Paixão! (289 points, 51 comments)
    7. Nas entranhas de Portugal: Tortosendo (271 points, 38 comments)
    8. [OC] Mosteiro de Alcobaça (interior) (178 points, 8 comments)
  6. 3986 points, 6 submissions: VladTepesDraculea
    1. Pera... (1821 points, 65 comments)
    2. Enviaram-me um recorte de jornal sobre o cão do meu tio. O autor deste artigo levou 5 dias de choldra porque não caiu no goto do Spínola. (809 points, 69 comments)
    3. Isto de manhã está frio... (529 points, 104 comments)
    4. E o mini caixotim diz "FA-FA-FA-FA-FAK-U! (381 points, 17 comments)
    5. 💓 OLX (285 points, 79 comments)
    6. A conquistarmos o Mundo, um pastel de nata de cada vez! (161 points, 54 comments)
  7. 3954 points, 8 submissions: vcasqu
    1. Elevador da Bica. 1912 vs 2019 (823 points, 33 comments)
    2. Lisboa no inverno. (705 points, 29 comments)
    3. Rua do Ouro/Rossio. Início do século XX vs 2019 (567 points, 45 comments)
    4. Contra Relógio (do Arco da Rua Augusta) (565 points, 41 comments)
    5. “Se puderes olhar vê. Se puderes ver, repara”. José Saramago (514 points, 23 comments)
    6. Equilíbrio. Lisboa. Portugal. (354 points, 23 comments)
    7. Janelas de Lisboa. #1 (221 points, 13 comments)
    8. Terreiro do Paço, Lisboa. (205 points, 6 comments)
  8. 3950 points, 9 submissions: utilizador
    1. Lisboa, terça-feira, 27 de Junho de 1933 - Adeptos do Sporting ouvem através do rádio o jogo entre Sporting CP [3] vs FC Porto [1], em Coimbra para o desempate das meias finais do Campeonato Nacional de Portugal. (626 points, 34 comments)
    2. Começando com o hino da Espanha. (601 points, 66 comments)
    3. tremendous effort (591 points, 73 comments)
    4. Portugal in 1950 (588 points, 62 comments)
    5. para si, que é um homem... (438 points, 53 comments)
    6. Alta definição (335 points, 34 comments)
    7. Olha o robot. É prò menino e prà menina. Olha o robot. Trabalha muito e gasta pouco. Olha o robot. É muito útil pra quem manda. Olha o RADAR... em caixa de cartão? A foto é de hoje! Avenida Santos e Castro. (321 points, 76 comments)
    8. Dá jeito... o Hospital é ali perto e tudo! Road Rage Tuga Version! (286 points, 55 comments)
    9. Já tens carta? (164 points, 28 comments)
  9. 3814 points, 5 submissions: John-florencio
    1. Buraco negro visto através de um telescópio português! Incrível. (1848 points, 48 comments)
    2. Tenho feito estas ilustrações tradicionais para descansar do pc... eu divirto-me bastante a criar estas pequenas histórias! Mais nos comments. (678 points, 92 comments)
    3. Olá pessoal, vocês lembram-se desta imagem que partilhei aqui? Fiz uma uma campanha em alguns threads relacionados com o meu trabalho, e porque não fazer no Portugal também? Dou o ficheiro em alta resolução para fazerem um print (7k a 300dpi). ver comments para download. (589 points, 47 comments)
    4. CCCAPBCAD- Comité científico para a compreensão e análise das pessoas que bebem café antes de dormir. como sugerido por um user deste sub vou fazeou pelo menos tentar) um post semanal com estes velhotes. (385 points, 48 comments)
    5. Malta, partilho convosco a minha primeira banda desenhada, para um cliente na América, o que acham? (314 points, 112 comments)
  10. 3809 points, 5 submissions: aguadovimeiro
    1. The fucking of the french - 2016, colorized (1477 points, 46 comments)
    2. Somos Campeões do Mundo em Hóquei em Patins! (987 points, 92 comments)
    3. Isto do surf está na hora da morte... (646 points, 39 comments)
    4. Estava a pesquisar informações sobre um número que me havia ligado quando encontrei este comentário... (497 points, 20 comments)
    5. Topless presidencial (202 points, 27 comments)
  11. 3705 points, 6 submissions: daz_zeD
    1. Nova série da Netflix (876 points, 57 comments)
    2. Se calhar não damos tanto valor como o pessoal de fora. (862 points, 76 comments)
    3. Resumindo. (784 points, 50 comments)
    4. A Maria disse que queria as especiarias às 19h para fazer o jantar mas ainda deu pra ir ao Brasil beber um copo, se é que me entendes. (662 points, 64 comments)
    5. Com possibilidade de ficares efectivo no final claro. (343 points, 19 comments)
    6. Estuda rapaz... (178 points, 20 comments)
  12. 3029 points, 7 submissions: ForeverJamon
    1. Quando queres fazer um bolo mas tens... (1103 points, 60 comments)
    2. I lack the success to make a good title (743 points, 48 comments)
    3. Oi amigos, Jamon aqui (327 points, 166 comments)
    4. O meu Reddit secret santa 2018 (250 points, 45 comments)
    5. [Receita] Cinnamon rolls aka Rolos de canela tipo os do ikea (mas melhores) (238 points, 87 comments)
    6. [Receita] Bacalhau com batata palha e ovos aka Brás (194 points, 67 comments)
    7. [Receita] Como fazer um hamberder duplo com queijo (174 points, 105 comments)
  13. 2898 points, 4 submissions: GuaxininSexy
    1. concordam? (963 points, 141 comments)
    2. Estagiario! What else? (942 points, 86 comments)
    3. Tuga memo (742 points, 73 comments)
    4. Vi isto no twitter e tinha que partilhar aqui (251 points, 72 comments)
  14. 2873 points, 7 submissions: throwaway388292828
    1. eu quando reutilizo o saco de plástico do Pingo Doce (1040 points, 92 comments)
    2. Economia portuguesa em 2019 (609 points, 91 comments)
    3. 🚨 Nova operação da Autoridade Tributária (392 points, 37 comments)
    4. A reação do PS ao relatório da OCDE sobre Portugal (292 points, 7 comments)
    5. Pinto Monteiro, 22° Procurador Geral da República - o procurador que não procurava, que almoçava com quem devia procurar, arquivava tudo e que se preocupava muito com o segredo de justiça (214 points, 21 comments)
    6. Economia portuguesa a caminho do penta campeonato (167 points, 17 comments)
    7. Críticas à moderação (159 points, 3 comments)
  15. 2787 points, 2 submissions: LuNoZzy
    1. I was told to x-post this to this sub (2015 points, 128 comments)
    2. Homofobia (772 points, 79 comments)
  16. 2760 points, 9 submissions: fanboy_killer
    1. O PS não confirmou uma notícia obviamente inacreditável (719 points, 131 comments)
    2. Portugal apresenta a mais baixa taxa de violência e vitimização motivadas por racismo na UE (410 points, 241 comments)
    3. Portugal ultrapassa Rússia no consumo de álcool per capita (388 points, 106 comments)
    4. Variações - Teaser Trailer (242 points, 65 comments)
    5. 3 países (219 points, 84 comments)
    6. Maria Begonha e a estabilidade laboral (214 points, 91 comments)
    7. Tabela dos custos previstos para transferências por MBWay (213 points, 175 comments)
    8. NOS Primavera Sound - cartaz honesto (189 points, 58 comments)
    9. TAP é a companhia aérea menos pontual do mundo (166 points, 54 comments)
  17. 2702 points, 6 submissions: AqueleHumano
    1. Pela Nação, por Portugal!! (1190 points, 53 comments)
    2. Não reparem em mim, vou só deixar isto aqui. (555 points, 54 comments)
    3. Português detido em Espanha depois de conduzir em contramão a ler a Bíblia. (276 points, 61 comments)
    4. Poligrafo remove factcheck contendo confirmação de que Luís Montenegro é Maçon. Mais info. no interior. (233 points, 68 comments)
    5. Espero bem que o Centeno siga este conselho. (227 points, 24 comments)
    6. Fernando Mendes recusa convite da TVI e é o apresentador mais bem pago da RTP1. (221 points, 98 comments)
  18. 2665 points, 4 submissions: wakerdan
    1. Quando usam um tradutor automático... (1396 points, 57 comments)
    2. Jovens poetas portugueses (833 points, 84 comments)
    3. Vereador do CDS usa uma imagem de anime para se pronunciar sobre o polémico despacho (225 points, 130 comments)
    4. Greve dos motoristas de matérias perigosas terminou, Governo fala ao país às 8h00 (211 points, 157 comments)
  19. 2497 points, 7 submissions: pica_foices
    1. Nabeiro lança primeira cápsula de café com 0% plásticos, 0% micro-plásticos e 0% alumínio (739 points, 138 comments)
    2. Jovem português investigado pelo FBI e Unidade Nacional Contra o Terrorismo por tweets polémicos (446 points, 124 comments)
    3. "Segurança informática e de informação do Citius" in a nutshell (351 points, 126 comments)
    4. Assim começam incêndios devido ao vento, linhas eléctricas e má de limpeza florestal (321 points, 63 comments)
    5. Entrevista exclusiva: “Sou o Rui Pinto, o ‘John’ dos Football Leaks, e sei que as autoridades portuguesas não querem investigar os crimes” (242 points, 215 comments)
    6. A HBO streaming já está disponível em Portugal (202 points, 161 comments)
    7. Antiga jornalista da TVI (actualmente no rádio Observador) diz que Expresso ocultou trabalhos sobre a IURD a troco da compra de publicidade e investimento na emissão obrigacionista da Impresa (196 points, 25 comments)
  20. 2489 points, 7 submissions: TheShowaDaily
    1. Vista Aérea do Palácio Nacional de Mafra, Um palácio e mosteiro monumental em estilo barroco joanino. Os trabalhos da sua construção iniciaram-se em 1717 por iniciativa de João V de Portugal e terminada em 1730. (543 points, 44 comments)
    2. Interior da Igreja do Convento de Cristo em Tomar, Portugal, construída no Século XII (527 points, 27 comments)
    3. “Cidade de Lisboa, Capital do Reino Portugal” pintura Japonesa do Século XVII. Museu de Kobe. Japão (453 points, 20 comments)
    4. Fidalgo Português montado em um elefante durante viagem a Nagasaki, Japão. Pintura japonesa do Século XVI. (338 points, 66 comments)
    5. Lápide do Século XIII de um “Mudéjar” de Lisboa. Muçulmanos ibéricos que permaneceram em território reconquistado pelos cristãos. A inscrição em árabe traduzida diz: Eterno é Deus. Tem compaixão conforme a sua mercê, ó tu que tudo dominas, e olha[com misericórdia] para o sítio para onde fui mandado (243 points, 50 comments)
    6. Brasão do Reino de Portugal. Escultura de Andrea Della Robbia. 1505 (223 points, 7 comments)
    7. Portugueses em um navio japonês. Pintura do Século XVI (162 points, 21 comments)

Top Commenters

  1. 1Warrior4All (8044 points, 638 comments)
  2. AqueleHumano (8021 points, 422 comments)
  3. Numaeus (4614 points, 661 comments)
  4. ozzymustaine (3656 points, 218 comments)
  5. NGramatical (3654 points, 1105 comments)
  6. namny1 (3219 points, 93 comments)
  7. 4in4t92 (3049 points, 348 comments)
  8. Parshath_ (2994 points, 154 comments)
  9. OrangeOakie (2929 points, 325 comments)
  10. ManoRocha (2917 points, 121 comments)
  11. RiKoNnEcT (2749 points, 193 comments)
  12. fanboy_killer (2738 points, 164 comments)
  13. crabcarl (2645 points, 184 comments)
  14. touny71 (2560 points, 152 comments)
  15. Empirion (2364 points, 116 comments)
  16. MateusnotdaBiblia (2355 points, 200 comments)
  17. EarlPious (2294 points, 294 comments)
  18. VicenteOlisipo (2287 points, 182 comments)
  19. KokishinNeko (2246 points, 185 comments)
  20. TTRO (2233 points, 72 comments)

Top Submissions

  1. Look who's coming to visit by Camarna (4006 points, 71 comments)
  2. Esta montagem foi editada por mim. Demorou quase 4 meses fazer e agora está no Top 1 do subreddit oficial da Marvel. Surreal! by leunnam (2098 points, 346 comments)
  3. I was told to x-post this to this sub by LuNoZzy (2015 points, 128 comments)
  4. Buraco negro visto através de um telescópio português! Incrível. by John-florencio (1848 points, 48 comments)
  5. Pera... by VladTepesDraculea (1821 points, 65 comments)
  6. Tinha de ser dito by SamuelPuga (1762 points, 283 comments)
  7. (desculpem não sei se é suposto pôr aqui xD) encontramos 7 cachorrinhos abandonados perto do campus de gambelas em Faro. Se houver alguém na zona que queira e que esteja disposto de adotar era agradecido. Muito obrigado :) by kiubysore (1609 points, 61 comments)
  8. Ninguém avisou a gaivota que hoje é feriado by heldermendes (1589 points, 37 comments)
  9. Boas fodas, meus irmãos engenheiros! by average_user21 (1563 points, 50 comments)
  10. 25 DE ABRIL SEMPRE, FASCISMO NUNCA MAIS! by SrDoss (1482 points, 430 comments)

Top Comments

  1. 841 points: AqueleHumano's comment in Quero chibar-me às finanças. Serei doido?
  2. 728 points: Numaeus's comment in Meti uma casa a arrendar e..
  3. 624 points: taikoubou_'s comment in Turista brasileira salta do tabuleiro da ponte D. Luís.. Nua
  4. 592 points: Numaeus's comment in Visto que desperdiçámos a palavra autocarro com os autocarros o que vamos chamar aos carros que se conduzirem sozinhos?
  5. 532 points: SpinN20's comment in The Disappearance of Madeleine McCann Official Trailer [HD] Netflix
  6. 513 points: ozzymustaine's comment in A German attempt at baking broa
  7. 480 points: sup3rfm's comment in About my Portugal experience that I have been putting off on writing until now.
  8. 477 points: SpiritDown's comment in The Pentagon emits more greenhouse gases than Portugal, study finds
  9. 477 points: TTRO's comment in Quando dedicas um tempinho a ajudar os teus novos vizinhos da frente que ficaram fechados fora de casa
  10. 475 points: sbruno94's comment in Oi amigos, Jamon aqui
Generated with BBoe's Subreddit Stats
submitted by KokishinNeko to subreddit_stats [link] [comments]


2019.01.19 22:08 KILLME56k Infraestrutura FTTH da NET/Claro

Infraestrutura FTTH da NET/Claro
Desde abril de 2018, a NET começou a testar na cidade de Serra Negra - SP a sua internet via fibra (FTTH - Fibra até dentro da casa do cliente) e desde então o que era somente um teste acabou virando a nova forma da NET se expandir nas novas cidades.

Os planos são: 35 Mega, 120 Mega, 240 Mega, 500 Mega e diferente do HFC tem upload de 50% do download. A ONT utilizada é a Huawei EchoLife HG8245Q2, CTO da 3M na cor azul marinho com a marca Claro estampada.

CTO - Caixa de Atendimento Óptico.

Placa de identificação da fibra

CTO - Caixa de Atendimento Óptico.

CEO

Na data deste POST a NET já entrou com FTTH em 20 cidades, está em pré-venda em 6 cidades e começando a implantação em 4 cidades.

Cidades com FTTH:
Arujá - SP
Boituva - SP
Cabo Frio - RJ
Camaçari - BA
Cambé - PR
Carazinho - RS
Coronel Fabriciano - MG
Jaguariúna - SP
Jaraguá do Sul - SC
Mongaguá - SP
Montenegro - RS
Poços de Caldas - MG
Pouso Alegre - MG
Rolândia - PR
São Roque - SP
Serra Negra - SP
Timóteo - MG
Torres - RS
Tremembé - SP
Três Corações - MG

Cidades em pré-venda:
Armação dos Búzios - RJ
Barrinha - SP
Caraguatatuba - SP
Pedreira - SP
Tatuí - SP

Cidades iniciando a implantação:
São Sebastião - SP
São Joaquim da Barra - SP
Dracena - SP
Várzea Paulista - SP


submitted by KILLME56k to InternetBrasil [link] [comments]


2018.12.06 23:31 kingnTM [ SPOILER ] Cultos & Seitas

Provavelmente esse assunto será abordado pelo Ivan no retorno da temporada MAS lendo um trecho do Crimes Satânicos (Montenegro) ele faz menção a uma outra seita (se é que existia uma em Guaratuba) que atuou na região na mesma época, a Lineamento Universal Superior. A LUS tinha como matriarca Valentina Teruggi que estava na cidade tanto no período que Leandro quanto Evandro desapareceram. Além desse fato, ela e seu marido, estiveram indiciados nos crimes do Monstro de Altamira que envolvia o homicídio de meninos. Teria Valentina Teruggi envolvimento com os casos?
Um trecho do livro Deus, a Grande Farsa de Valentina Teruggi "Acautelem-se com as crianças, elas são instrumento inconscientes da grande farsa chamada deus e seus nefastos colaboradores".
(obs: esse trecho é um apud do Crimes Satânicos do Montenegro)
(obs2: Leo Montenegro e pastor evangélico então o livro tende a ligar qualquer crime hediondo a religiões não-cristãs - então deve ser lido com parcimônia)
(obs3: O livro Deus, a Grande Farsa de Valentina Teruggi/Andrade encontra-se esgotado e uma cópia usada dele custa módicos 850 reais).
submitted by kingnTM to ProjetoHumanos [link] [comments]


2017.11.28 12:50 Harunk Pessoal, por mais clichê que essa frase seja, siga seus sonhos.

Bom dia /brasil, geralmente eu só posto quando estou 200% puto ou quando algo me incomoda, hoje é uma exceção e tenho algumas coisas boas pra dizer.
Desde moleque eu queria ser músico, era o típico garoto branco de classe média em família disfuncional que sonhava em ser um rockstar, aos quatorze anos, ganhei minha primeira guitarra, fui fazer uma aula, achando-me o máximo e fiquei absolutamente devastado quando meu professor dizia que eu segurava a guitarra como um guerrilheiro segurava uma AK-47, dentre esses e outros insultos, deixei de ir nas aulas, eventualmente, deixando a guitarra de lado, mas ela sempre descansou no meu quarto - Um lembrete, como se ficasse me dizendo "Olha, eu ainda estou aqui, por que você me abandonou? Eu não era teu sonho?", o que me incomodava bastante, eventualmente, escondi a guitarra, pois olhar pra ela era um lembrete de como eu havia traído meu sonho infantil.
Desde então, passei grande parte da minha adolescência como um vagante, não me interessava por nada, tirava notas medíocres na escola, tinha um ou dois amigos, que só eram amigos pois estávamos na mesma, eu rio, pois meus melhores amigos eram um cara que queria ter nascido mulher e uma moça que queria ser freira, éramos um bando estranho, pra se dizer o mínimo e eu ainda sinto saudades deles ás vezes e espero que tenham se encontrado da mesma forma que eu me encontrei.
Recentemente, após anos de sonhos abandonados, retomei a guitarra, comprei um violão também, pois pra mim é um instrumento incrível, decidi começar umas aulas e na mesma semana enquanto eu vagava pelas ruas de Porto Alegre, uma série de coincidências, ou destino, como preferir chamar, me guiou até as melhores pessoas que eu já conheci até hoje - Foi por conta de um poster, uma suposta feira anarquista que iria ocorrer na cidade, eu sempre gostei desse tipo de coisa, então, fui atrás da mesma, como era novo na cidade, me perdi e dessa forma, acabei em um sebo de livros, perguntando por direções - Conheci uma mulher muito carinhosa nele que não ligou pro meu sotaque polonês e me ofereceu chá e biscoitos, eu aceitei sem pensar duas vezes, no fim, nem ao menos fui na feira, fiquei encantado com ela e sua hospitalidade, logo no outro dia, retornei ao sebo, conhecendo a pessoa que futuramente seria minha "mentora", uma mulher de seus 50 e poucos anos, amante de todas as artes, poeta e artista teatral - No mesmo instante eu senti como se tivesse procurado por ela pela vida toda, e o engraçado, é que eventualmente ela disse o mesmo, ela me propôs uma espécie de desafio literário, ler Dom Casmurro em uma semana, eu li em um dia e escrevi um poema sobre o mesmo, um bem ruim, mas ela amou - Aí ela me adotou como aprendiz das artes, me fez interpretar livros, me ensinou como escrever direito, me apresentou diversos artistas e me colocou nos círculos artísticos da cidade, nisso, conheci as mais diversas pessoas, comecei a participar de um grupo de teatro, estou contando histórias para crianças, o que é muito divertido, fui em saraus, enfim, estou mais feliz do que nunca.
Meus amigos estão me encorajando para eu continuar como músico e é muito bom ter gente que lhe entenda e lhe dê apoio, que realmente escute, não lancei nenhuma música ainda, mas já tenho o projeto do meu primeiro álbum a caminho: "CriadoDestruidor: Um split comigo mesmo", um álbum que fala da dualidade das pessoas, imagine uma mistura de Oswaldo Montenegro, Johnny Hobo e the Mountain Goats e você terá mais ou menos uma ideia.
Enfim, já delonguei-me demais, mas só queria dizer isso, /Brasil, siga teus sonhos, teu instinto não mente, ele sabe onde você pertence e quer lhe guiar, escute-o, agarre a chance que você tiver e por tudo que você considera sagrado, nunca, mas nunca a solte, proteja-a como protegeria sua própria vida e tudo dará certo.
submitted by Harunk to brasil [link] [comments]


2016.12.21 18:50 desnisa Lagos e rios albaneses

A Albânia tem uma série de lagos, os mais significativos são: Ohrid Lake Ele está localizado na parte sudeste da Albânia e é o lago mais profundo em toda a Península dos Balcãs, com uma profundidade máxima de quase 300 m. O valor histórico e a diversidade de flora e fauna ajudaram Lago Ohrid a se tornar um dos patrimônios da UNESCO Cultural e Patrimônio Natural. Há uma variedade de espécies aquáticas no lago, o mais famoso dos quais é o Corão, conhecido por ser um peixe particularmente delicioso. A cidade de Pogradec, conhecida pelo seu clima, foi construída na costa sudoeste do Lago Ohrid. Ao lado da costa existem vários centros turísticos como Lini, Pojska, Pogradec, Drilon e Tushemisht, onde muitos hotéis e pousadas oferecem acomodações confortáveis ​​para umas férias maravilhosas e relaxantes.
Lago Prespa Consiste em dois ramos, Grandes e Pequenos Prespa. O último ramo corta profundamente na montanha de Galicica de Albânia. É o lago tectónico o mais elevado nos Balcãs com uma altura de 853 m. Prespa Lago com uma superfície de 285 km2, dos quais 38,8 km2 pertence à Albânia, é conhecida pela pequena ilha de Maligrad. Para aqueles que exploram a ilha, o antigo. Neste lago existem populações de reprodução muito importantes de dálmatas e pelicanos brancos. Lagos Ohrid e Prespa estão entre dois e quatro milhões de anos e espécies únicas de peixes evoluíram neles, entre eles o delicioso corão e belushka. A área apresenta alguns dos melhores Albânia tem para oferecer - uma rara combinação de beleza natural resplandecente e quente, hospitable moradores irá fazer qualquer visita a esta região memorável. Shkodra Lake Está localizado no noroeste da Albânia, atravessa a fronteira entre a Albânia e Montenegro e é o maior lago em toda a Península Balcânica, com uma área de 370 km². Milhares de cormorants inverno neste lago cada ano. É relativamente superficial e é alimentado por muitos rios diferentes, bem como por molas, tornando-se bastante variado em sua vida aquática, com várias espécies de carpas e trutas em suas águas. Os principais centros turísticos são Shiroka e Zogaj, oferecendo inúmeros hotéis e restaurantes. Esta área é famosa por sua variedade de peixes, incluindo carpa, enguia e shtojzë. As principais actividades de lazer aqui são pesca, natação, banhos de sol ea exploração da área. Existem várias aldeias nas proximidades, que são atraentes para os turistas, como Kosani, Flaka, Kamenica, Jubica e Kalldrun. O lago é o lar de uma enorme variedade de criaturas vivas, incluindo 45 espécies de peixes e 281 espécies de aves. Outros lagos Lagos artificiais e reservatórios são populares para a pesca e recreação. Aqueles que estão dispostos a explorar mais da Albânia poderão ver os lagos artificiais formados pela cascata do Drin (lago Vau i Dejës, Lago Komani e lago Fierza), os lagos artificiais de Shkopeti e Ulza, os pequenos lagos glaciares de Lura, Balgjait, Dobërdol, Sylbice, Rajca e muitos mais. Estes pequenos lagos artificiais têm muito a oferecer. Além de oportunidades esportivas, eles fornecem habitats para uma rica variedade de flora e fauna. O Komani Lake também funciona como uma via navegável.
Quanto aos rios, poder-se-ia facilmente dizer que a Albânia é abençoada por fontes de água. O campo albanês É rico em fontes, rios e córregos. Existem cerca de 200 nascentes, cada uma das quais explode com mais de 200 litros de água por segundo. Algumas nascentes foram notáveis ​​para seus poderes medicinais ou curative e foram assim o local dos spas desde a antiguidade. Estes spas estão localizados em todo o país, mas vários dignos de nota existem em Leskoviku (Vronomero) Dibra, Elbasani, Bënja e Fushë-Kruja (Bilaj). Quatro nascentes que são notáveis ​​por sua beleza natural são os Olhos Azuis em Saranda, Água Fria em Tepelena, Viroi em Gjirokastra, e Syri i Sheganit no Lago Shkodra. A rede de águas interiores da Albânia consiste em 11 rios principais e seus 150 tributários. Medindo 285 km, Rio Drini preto é o mais longo e que flui do Lago Ohrid para o Mar Adriático. Outros rios grandes incluem Valbona, Buna, Fani, Mati, Erzeni, Shkumbini, Seman, Vjosa, Osumi, Shushica, Devolli, Langarica, Drino e Bistricarivers.Some vales e cânions criados por esses fluxos antigos oferecem tremenda beleza natural também. Entre estes estão Valbona e vales de Shala nos Alpes do norte, vale de Tomorica, descarga de Këlcyra no rio de Vjosa, e os gargantas de Bënça e de Osumi. Os canyons, em particular, oferecem um pano de fundo bonito para uma variedade de esportes de remo. Cachoeiras são também uma parte desta vasta rede, como os localizados em Grunas e Thethi, Shoshan e Kurveleshi.
submitted by desnisa to albaniantourism [link] [comments]


O QUE FAZER EM MONTENEGRO! Montenegro, um jovem país Cidade Montenegro Rio grande do sul DRONE - MONTENEGRO/RS Ovni em MONTENEGRO-RS Coisas de Montenegro RS - YouTube Viver em Montenegro é muito bom VLOG - PARADAS DO CRUZEIRO: Kotor - Uma das cidades mais lindas que já conheci!!! REPÚBLICA DE MONTE NEGRO -LINDOS FjORDS E CIDADES ...

O que fazer em Montenegro: dicas e lugares para visitar

  1. O QUE FAZER EM MONTENEGRO!
  2. Montenegro, um jovem país
  3. Cidade Montenegro Rio grande do sul
  4. DRONE - MONTENEGRO/RS
  5. Ovni em MONTENEGRO-RS
  6. Coisas de Montenegro RS - YouTube
  7. Viver em Montenegro é muito bom
  8. VLOG - PARADAS DO CRUZEIRO: Kotor - Uma das cidades mais lindas que já conheci!!!
  9. REPÚBLICA DE MONTE NEGRO -LINDOS FjORDS E CIDADES ...

Algumas imagens que selecionei da cidade de Montenegro-RS. Fevereiro de 2017. A Baía de Kotor, em Montenegro, foi tombada pela Unesco como patrimônio natural, histórico e cultural da humanidade.. Belíssima! Minha sensação era de total encantamento. Ali, o vale de um ... Nossa oitava parada do cruzeiro foi na cidade de Kotor, em Montenegro, uma das cidades mais lindas e fofas que já conheci. Paramos por lá com o MSC Musica e mostrei nesse vídeo o que fizemos em ... A República de Monte Negro é um dos sete países formados pela desintegração da Iugoslávia. É um dos mais belos países da Europa, e nele está o único fjord do... O QUE FAZER EM MONTENEGRO! Neste vídeo compartilhamos nossas andanças pelo país de Montenegro. Depois de uma experiência mal-sucedida de work exchange numa fazenda de cabras, nós voltamos pra ... Montenegro RS - Chegando na cidade - Duration: 3:01. ... O que fazer em CAXIAS DO SUL RS - Duration: ... Conheça os moradores da cidade fantasma do Rio Grande do Sul - Duration: ... Esta é a homenagem da Bellina Imóveis para a cidade de Montenegro, quando completa seus 144 anos de história. Já ouviu falar da cidade de Montenegro? Fica pertindo de Porto Alegre e também do Vale do Caí e tem muita coisa que com certeza você já ouviu falar sobre. Captura de UFO no morro São João na cidade de Montenegro - RS 15 de Junho de 2010 às 17:10.